A influência das incertezas e riscos nas nossas decisões

“A tomada de decisão é nossa habilidade mais poderosa para moldar o futuro”
Carl Spetzler


Incertezas fazem parte da nossa vida, e impactam nossas decisões e ações diariamente. Desde o início de nossa história convivemos com situações fora de nosso controle, e com o mundo cada vez mais BANI/VUCA é natural que as incertezas ao nosso redor aumentem. Porém incertezas não são necessariamente ruins, já que suas consequências podem ser positivas ou negativas: por exemplo ao investir em ações podemos ganhar dinheiro ou perder dinheiro dependendo do preço futuro, que é incerto.


Já risco significa a possibilidade que algum impacto indesejado irá ocorrer, resultante de alguma incerteza. Toda decisão que tomamos têm riscos associados, e buscamos minimizá-los ou evitá-los. Por exemplo, não sabemos se mais tarde vai chover ou não (incerteza) para sairmos com o guarda-chuva pela manhã (possível decisão a ser tomada). Se saímos sem o guarda-chuva e chove, o risco é nos molharmos. Já se resolvemos sair com o guarda-chuva e não chover, o risco é ter o incômodo de carregar o guarda-chuva o dia todo.


Muitas vezes incertezas e riscos se misturam, porém são conceitos distintos! Incertezas são uma característica intrínseca de algo, é um fato que é igual para todos: a possibilidade de chover à tarde em determinado local é a mesma para todas as entidades. Porém o risco é sempre específico para cada pessoa ou organização. Eu posso achar ruim me molhar com a chuva, se chover, porém você pode estar torcendo para chover caso tenha que molhar seu jardim. Nesta situação, o risco para você é que o tempo continue seco, porém a incerteza da chuva é a mesma para ambos os lados.


Portanto, cada um possui um perfil de risco, que modela a atitude que temos perante os riscos das nossas possíveis escolhas. Não existe perfil certo ou errado, e sim o que é adequado frente ao seu contexto, cultura e objetivos. O que é primordial em decisões estratégicas que possuem grande grau de incerteza é conduzir uma análise de riscos baseada em modelos quantitativos, para que esta decisão seja tomada de forma completa e racional, condizente com o seu perfil de riscos. Sabemos que devido aos nossos vieses cognitivos nosso cérebro muitas vezes nos leva a julgamentos irracionais, o que reforça a necessidade de utilizar um método para otimizar nossa tomada de decisão.


No ambiente corporativo, além de tomar a decisão de forma adequada é também imprescindível justificar todo processo, incluindo a comunicação e documentação a todos os stakeholders, e formalizando as incertezas existentes, as limitações do nosso conhecimento e os motivos que nos levaram para determinada escolha. A digitalização corrobora neste sentido pois mantém em interface única e segura todas as informações, gerando também massa de dados que irá melhorar decisões futuras.


Existem diversas ferramentas para análise de riscos na tomada de decisão, e sua aplicabilidade irá variar conforme o nível de incerteza mapeado. Para futuros previsíveis, previsões tradicionais de forecast baseadas em dados históricos funcionam bem; já para gama de futuros alternativos, onde existem diversas possibilidades, utilizamos árvores de decisão, diagramas de influência, análises de robustez e planejamento de cenários. Para níveis extremos de incerteza, quando há verdadeira ambiguidade de possibilidades futuras, não há ferramentas satisfatórias de análise, e busca-se tomar pequenas decisões em horizonte de tempo mais curto para maior assertividade. Veja na figura abaixo a representação de uma árvore de decisão sobre a alternativa de levar um guarda-chuva diante da incerteza da chuva: o importante é que todas as possibilidades e consequências possíveis sejam ilustradas na árvore.



Você já utiliza alguma destas ferramentas em seu dia-a-dia? Conhece seu perfil de risco? Reconhece as incertezas inerentes ao tomar uma decisão? Quanto mais nos aprofundamos neste conhecimento, melhor será nossa capacidade decisória! Para começar, confira nossa aula online gratuita sobre Decisões sob incerteza e risco, com duração de 2 horas, ministrada pelo Prof. Dr. Gilberto Montibeller, nosso Chief Scientific Officer e Professor Titular de Management Science da Loughborough University (Reino Unido), uma das maiores autoridades mundiais sobre análise de riscos. E te convidamos a conhecer as soluções da Optimum Supply para aprimorar a tomada de decisão na sua empresa.


Rumo a um futuro cheio de incertezas e possibilidades!

0 comentário