Você decide bem em um ambiente complexo?

Atualizado: 3 de Set de 2019

As complexidades na escolha em Suprimentos



Você já reparou a quantidade de opções existentes quando tentamos comprar um iogurte no mercado? O que antigamente se resumia a uma escolha simples – morango ou coco, de beber ou de colher – atualmente é uma escolha que nos toma preciosos muitos minutos passando frio na frente da gôndola dos refrigerados, comparando preços, quantidades, sabores, texturas, rótulos e tabelas nutricionais... E o pior: decidimos sem ter a certeza de levar a melhor opção. Não, você não é o único a ter esta angústia, tanto é que existe um nome para este sofrimento: FOBO (Fear of Better Options), o medo de perder uma opção melhor do que a escolhida, gerando frustração, estresse, arrependimento e indecisão – que no limite pode até nos impedir de decidir.


A escolha do iogurte mais adequado para você pode até não ser tão crítica assim, a questão é que este tipo de situação se repete em muitas decisões que precisamos tomar, tanto em nossa vida pessoal quanto no trabalho. É consenso que estamos vivendo em um ambiente nomeado de VUCA (Volatility, Uncertainty, Complexity, Ambiguity), como bem colocado por este artigo da Harvard Business Review. Volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade são características que sentimos em nossas rotinas: tudo muda e evolui de forma muito rápida, temos cada vez mais dificuldade de prever comportamentos e situações, diversas variáveis que se relacionam e devem ser consideradas, e pelas coisas se acelerarem e se misturarem potencializa-se uma ambiguidade de significados e confusão de sentidos. Quando nos damos conta deste cenário, o sentimento que surge é de impotência.


E nesta situação, como fica o profissional de Suprimentos? As condições para seleção de fornecedores também aumentaram sua complexidade de forma exponencial nos últimos anos. É possível comprar de qualquer local no globo terrestre, com uma variedade enorme de especificações técnicas (que trarão consequências no famoso tripé preço, prazo, qualidade), com formatos e condições diversos, diferentes riscos a serem mapeados. E com a presença de preocupações intangíveis que a cada dia são mais relevantes: imagem da marca, inovação, colaboração através da cadeia, aspectos sociais, impactos ambientais, construção de parcerias.


Como escolher frente a tantos fatores existentes? Estudos como o conhecido experimento das geleias mostram que quando temos muitas opções, nosso cérebro tem dificuldade para escolher a melhor e duas coisas podem ocorrer: a “paralisia” da escolha, quando desistimos de comprar por não conseguir decidir; e a frustração com a decisão tomada, mesmo que ela tenha sido boa (devido ao FOBO que falamos acima). Além disso, diversos dos critérios que são importantes para tomar uma decisão são conflitantes entre si, o que torna ainda menos trivial escolher a melhor opção. Por isso a importância da Teoria da Decisão para guiar nossas escolhas – acompanhe por aqui que falaremos bastante dela nos nossos próximos artigos!



Por Joice Ribeiro e Gilberto Montibeller


Acompanhe nossos artigos e publicações sobre análise de decisão, decisão multicritérios, strategic sourcing e suprimentos através do nosso site ou LinkedIn.




  • LinkedIn ícone social
  • YouTube

+ 55 11 93424-2194

Rua Vergueiro, 2087 - 1° andar

Vila Mariana

CEP 04101-100

São Paulo, SP - Brasil

OPTIMUM SUPPLY 2020 | Todos os direitos reservados